O vice-governador e secretário da agricultura, Orlando Pessuti, está mantendo reuniões com empresários interessados em desenvolver um grande projeto de produção e comercialização de produtos orgânicos. O projeto está sendo elaborado em parceria entre o governo estadual e a empresa paranaense “Terra Preservada” e prevê a construção de uma indústria nas proximidades de Curitiba e Ponta Grossa, com investimentos de grupos estrangeiros interessados na cultura “limpa” de produtos orgânicos.

Para o secretário Orlando Pessuti, o projeto vai representar um grande estímulo aos pequenos produtores rurais, que terão apoio técnico e incentivo do governo estadual para participar do empreendimento. “O governo se empenha para que projetos como esse se expandam por todas as regiões agrícolas do Estado”, afirmou.

Pessuti considera a iniciativa dessa parceria, que pretende incrementar a produção e industrialização de orgânicos, como um passo decisivo no sentido de desenvolver a tão sonhada agroindústria no Paraná.

Rogério Konzen, diretor da empresa “Terra Preservada”, pretende colocar no empreendimento a experiência de oito anos na administração de projetos para desenvolver o cultivo de produtos orgânicos, que já estão sendo exportados para os Estados Unidos, Europa e Ásia. “Nós já exportamos produtos para vários países, inclusive soja orgânica para ração animal, que tem grande aceitação no mercado americano”, afirmou.

Além de Konzen, um grupo de empresários japoneses também está interessado na parceria e já pensa em introduzir na nova indústria a mais moderna tecnologia existente para a industrialização da soja orgânica, um dos produtos de melhor cotação no mercado asiático.