Sensoreamento remoto orbital vai
detectar áreas de café.

Belo Horizonte (AE) – Depois de vários adiamentos, o recadastramento do parque cafeeiro deverá finalmente ser iniciado dentro de 90 dias, informou ontem o coordenador do Consórcio Nacional de Café da Embrapa, Antônio de Pádua Nacif. A escolha da tecnologia a ser utilizada foi definida há cerca de um mês pelo Comitê Diretor de Pesquisa do Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC).

Segundo Nacif, o prazo para iniciar os trabalhos deve-se à necessidade de licitação para a contratação da firma especializada que irá conduzir o levantamento. A metodologia escolhida foi sensoreamento remoto orbital e será conduzida pela Conab, com apoio técnico da Embrapa e consultores do Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café (CBP&D/Café).
 O investimento necessário para a realização do programa será de R$ 4,5 milhões e o prazo para a conclusão dos trabalhos foi estimado entre oito e doze meses. De acordo com Nacif, a metodologia escolhida irá proporcionar uma visão completa da superfície cultivada com café, a análise e o mapeamento de sua distribuição espacial, combinando imagens de satélite de média e alta resolução.
Políticas
O objetivo do trabalho é a obtenção de dados precisos sobre a dimensão e a distribuição geográfica do parque cafeeiro, acrescidos de trabalhos de campo para a caracterização socioeconômica e agrícola da cafeicultura brasileira.
 Essas informações, segundo Nacif, poderão subsidiar a adoção de políticas para o setor e a realização de previsões e estimativas das safras com elevada precisão.
Outra vantagem do processo é o planejamento estratégico da produção envolvendo transporte, processamento, armazenamento, bem como para a tomada de decisões relacionadas à comercialização. Após a conclusão dos trabalhos, a Conab deverá desenvolver o Cadastro Nacional do Agronegócio Café, com o perfil dos agentes da cadeia produtiva, e a formação de um banco de dados (Central de Informações) que reúna todas essas informações. O cadastro, no entanto, deverá estar disponível somente em 2003.