O Índice de Confiança da Indústria (ICI), indicador-síntese da Sondagem Conjuntural da Indústria de Transformação, caiu 4,2% em dezembro ante novembro, passando para 116,1 pontos (contra 121,2 pontos em novembro) segundo divulgou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O documento de divulgação do indicador informa que "a retração deve-se, em grande parte, a fatores sazonais". O argumento dos técnicos da FGV é que "convém lembrar que nesta época do ano o horizonte de tempo de quase todas as perguntas integrantes do Índice de Expectativas passa a incluir janeiro e fevereiro, período em que a indústria normalmente diminui o ritmo das atividades".

Na comparação com dezembro do ano passado, o ICI registrou uma elevação de 9,2%, inferior aos 13,1% apurados em novembro, na mesma base de comparação.