O índice de confiança do consumidor dos Estados Unidos, medido pelo Conference Board, caiu de 49,3 em junho para 46,6 em julho, ficando abaixo da previsão média de analistas, que era de 48,2. O índice da situação atual recuou de 25 em junho para 23,4 em julho, e o dado de junho foi revisado em relação ao de 24,8 divulgado originalmente. O índice das expectativas dos consumidores em relação à atividade econômica durante os próximos seis meses caiu de 65,5 em junho para 62 em julho.

O porcentual de consumidores que acreditam que há uma grande oferta de empregos caiu para 3,6% em julho, de 4,5% em junho e 13,6% há um ano. A parcela daqueles que pensam que é difícil encontrar um emprego subiu para 48,1% em julho, de 44,8% em junho e 30,2% em julho de 2008. A perspectiva para o emprego apontou expectativas divergentes. O porcentual de consumidores que esperam aumento da quantidade de empregos nos meses à frente diminuiu de 17,5% em junho para 15% em julho, mas a parcela daqueles que preveem menos empregos também caiu, de 27,6% em junho para 26,3% em julho. As informações são da Dow Jones.