O aumento da produção de grãos, a alta nos preços das commodities agrícolas e o bom desempenho dos ramos crédito e saúde impulsionaram os resultados das cooperativas do Paraná, que tiveram um movimento de R$ 18,5 bilhões em 2007, recorde histórico para o setor. Em comparação a 2006, quando o valor movimentado foi de R$ 16,5 bilhões, houve um crescimento de 12%. Expansão também nas exportações das cooperativas, que devem fechar em US$ 1,1 bilhão, uma alta de 29% em relação ao ano passado.

Mais produção e rentabilidade proporcionaram um aumento nos investimentos, que serão superiores a R$ 1 bilhão em 2007. "Tivemos um ano extremamente ativo e desafiante para as nossas 234 cooperativas, que evidenciaram mais uma vez o importante papel do setor na defesa socioeconômica dos 451 mil cooperados que as integram e na relevante função que desempenham no impulso ao desenvolvimento dos municípios e regiões do nosso estado", afirma o presidente do Sistema Ocepar, João Paulo Koslovski. "Atuantes nas comunidades, as cooperativas têm um papel preponderante no suporte às ações econômicas dos cooperados, com forte atuação social e ambiental", destaca o dirigente.