O governo federal tem consciência de que é preciso simplificar a estrutura tributária e desenvolver instrumentos privados de financiamento de longo prazo, para complementar o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), afirmou nesta segunda-feira o presidente da instituição financeira, Luciano Coutinho. “É preciso simplificar a estrutura tributária, para torná-la mais eficiente e menos onerosa para o setor produtivo”, afirmou Coutinho, em discurso na abertura do XXVI Fórum Nacional, no Rio.

O presidente do BNDES citou as concessões como a forma mais rápida de recuperar e ampliar a infraestrutura, sobretudo logística. É também uma oportunidade de negócios. Segundo ele, é preciso reduzir os custos com logística, que consomem 9% do PIB. “Temos consciência do quão importante é para o futuro o desenvolvimento de instrumentos privados de financiamento para complementar o suporte do BNDES”, completou.