O ritmo de concessões de crédito para pessoas jurídicas deve voltar a acelerar a partir deste trimestre. É o que aponta o resultado de dezembro do Indicador de Perspectiva do Crédito às Empresas, da Serasa Experian, que atingiu 100 pontos, ante 99,8 no mês anterior. O indicador prevê movimentos cíclicos das concessões de crédito com seis meses de antecedência.

Esse foi o terceiro aumento seguido do indicador, que em outubro estava em 99,7 pontos. A trajetória de redução das taxas de juros e o cenário de retomada do crescimento da economia deverão impulsionar a procura por crédito nos primeiros meses deste ano, avaliou a Serasa Experian em nota divulgada hoje.

Já o Indicador de Perspectiva do Crédito ao Consumidor caiu 0,3% em dezembro, para 101,7 pontos, de 102 pontos em novembro. “Apesar deste recuo, o indicador prevalece acima do nível 100, o que mostra que as concessões de crédito aos consumidores deverão continuar evoluindo em 2012, porém num ritmo um pouco mais lento do que foi verificado em 2011”, disse a empresa.

O ritmo deve ser moderado no médio prazo, segundo a Serasa Experian, já que o consumidor se encontra mais endividado neste ano. “Se, por um lado, o governo vem tentando estimular o consumo via crédito com reduções de juros, reversão das medidas macroprudenciais e isenções tributárias, por outro lado, o consumidor, pelo forte crescimento verificado no crédito nestes últimos anos, encontra-se mais endividado.”