O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil no Estado de São Paulo atingiu o valor de R$ 959,40 por metro quadrado em fevereiro, uma elevação de 0,35% ante janeiro. Os dados foram divulgados hoje pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), que realiza a pesquisa em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O CUB é o índice oficial que reflete a variação dos custos do setor para a utilização nos reajustes dos contratos de obras.

No mês passado, os custos das construtoras com materiais de construção aumentaram em 0,31% em comparação a janeiro. Os custos com mão de obra subiram 0,40% e os salários dos engenheiros permaneceram inalterados pelo sexto mês consecutivo. No primeiro bimestre do ano, o CUB apresentou alta de 0,45%, com os custos da mão de obra avançando 0,47% e as despesas com materiais subindo 0,46%.

Em fevereiro, 32 dos 41 insumos da construção pesquisados variaram acima do IGP-M do mês, que apresentou deflação de 0,06%. Entre os que tiveram os maiores reajustes no mês, estão: chapa compensado resinado 12mm (2,35%), alimentação tipo marmitex (1,85%) e bloco cerâmico para alvenaria e vedação (1,73%).