A presidente Dilma Rousseff pediu ao Congresso Nacional a retirada de tramitação da mensagem na qual indicou o ex-ministro dos Transportes Paulo Sérgio Passos para exercer o cargo de diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O cancelamento da indicação está em mensagem publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Em vez da ANTT, o ex-ministro irá para a Empresa de Planejamento e Logística (EPL), conforme informou a empresa no fim de outubro. Ele vai substituir o atual presidente da estatal, Bernardo Figueiredo. Passos foi eleito pelo Conselho de Administração da EPL para ocupar um cargo de diretor. Mas, segundo a própria estatal, esse movimento faz parte de um processo de transição para que Passos assuma a presidência da EPL. A data da troca de comando ainda não está definida, mas a expectativa é de seja feita no início de dezembro.

Em outras três mensagens também publicadas no Diário Oficial, a presidente Dilma ainda pede ao Congresso a retirada de tramitação das indicações de Carlos Fernando do Nascimento, Natália Marcassa de Souza e Daniel Sigelmann, todos para cargos de diretor da ANTT.