A taxa de câmbio começou o pregão viva-voz na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) em alta de 0,16%, com o dólar negociado a R$ 1,912 nos contratos de liquidação à vista. O mercado doméstico de câmbio abre com os dados mais importantes do dia em mãos.

Às 8 horas, o Banco da Inglaterra (BoE) anunciou a decisão de elevar a taxa de juro básica em 0,25 ponto porcentual para 5,75% ao ano. Às 8h45, o Banco Central Europeu (BCE) avisou que o juro vai continuar estável em 4% ao ano. Com as duas medidas dentro daquilo que era previsto, os mercados devem focar-se em outras questões.

Internamente, o mercado de câmbio seguirá principalmente o fluxo de recursos do dia e o comportamento dos mercados norte-americanos, que voltam do feriado do Dia da Independência. Os futuros das bolsas de Nova York operavam sem trajetória consolidada, embora sinalizassem um dia positivo. O Nasdaq para setembro subia 0,16%. O S&P para setembro, mostrava alta de 0 06%, recuperando-se do desempenho negativo registrado mais cedo.