A taxa de câmbio também opera com volatilidade, assim como a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Às 12h15, o dólar comercial registrava valorização de 0,21%, cotado a R$ 1,910, na máxima até o momento citado. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista era negociado a R$ 1,910, com ganho de 0 16% (na máxima).

Os investidores esperam cautelosos a divulgação da nova taxa de juros nos Estados Unidos, às 15h15, em especial, o comunicado que sai logo em seguida à decisão. Isso porque há preocupação de que a crise do mercado de crédito imobiliário de alto risco já esteja afetando a economia real norte-americana. A estimativa da ampla maioria é que o juro no país fique inalterado em 5,25% ao ano.