A Delegacia Regional do Trabalho (DRT/PR), até o fim do mês de março, passará a contar com o serviço de ouvidoria, atualmente utilizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), com o objetivo de regionalizar o atendimento ao cidadão. Com o novo sistema, a expectativa de tempo de resposta de reclamações, dúvidas, sugestões, críticas, elogios e denúncias será de no máximo 10 dias.

De acordo com a delegada substituta da DRT, Leila Raboni, com a regionalização, o tempo de resposta será mais curto, sendo respondidas as principais questões da população. ?O sistema regional da ouvidoria é um canal de comunicação rápido e efetivo de interlocução entre o MTE, em Brasília, e a DRT?, afirma Raboni.

A ouvidoria da DRT, que estará funcionando no Serviço de Atendimento e Orientação ao Trabalhador (SAT) sob a responsabilidade da servidora Sandra Bettega, receberá da ouvidoria-geral, em Brasília, as perguntas ou dúvidas relativas ao Paraná via e-mail. Após o recebimento, o ouvidor da DRT/PR providenciará as respostas por meio do contato com os setores do órgão e reenviará para a ouvidoria-geral, que fará o encaminhamento para os trabalhadores solicitantes.

De fevereiro a março deste ano, a DRT registrou 103 atendimentos pelo fale conosco e 21 denúncias on-line. O primeiro teve aproximadamente 34% de dúvidas em relação a informação trabalhista, seguido de 11% sobre carteira de trabalho (CTPS) e mais de 7% em relação ao seguro-desemprego. Já na pesquisa de qualidade, foram computados 173 formulários com críticas, sugestões, e elogios quanto ao atendimento.