Dubai está se preparando para vender uma série de ativos, incluindo o grupo de circo canadense Cirque du Soleil e o navio de cruzeiro Queen Elizabeth 2 (QE2), como parte de uma estratégia para levantar fundos, o jornal britânico The Times disse hoje, sem especificar a fonte da informação.

Assessores do Dubai World, o conglomerado estatal cujos problemas financeiros abalaram os mercados globais no ano passado, planejam se desfazer de alguns dos principais ativos da Istithmar, braço de private equity do grupo, para pagar parte de dívidas estimadas em US$ 22 bilhões.

Segundo o The Times, os assessores vão tentar vender os ativos individualmente em vez de procurar um único comprador para todo o portfólio do Dubai World. O governo de Dubai, por sua vez, disse hoje que injetou mais de US$ 6,2 bilhões no Dubai World nos últimos 12 meses e que está disposto a pôr ainda mais dinheiro no conglomerado. As informações são da Dow Jones.