A França terá um crescimento econômico levemente acima da previsão do governo neste ano, pois a recuperação deverá ser retomada no quarto trimestre, depois de ter uma breve estagnação no terceiro trimestre, afirmou a agência nacional de estatísticas, Insee.

Em seu relatório trimestral, a Insee previu que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) francês neste ano será de 0,2%, um pouco acima da estimativa oficial do governo, de 0,1%, e significativamente melhor do que a recente projeção do Fundo Monetário Internacional (FMI) para o país, de contração de 0,2%.

“Em linha com o ambiente externo, o clima de negócios está melhorando na França em todos os setores”, disse a Insee. Segundo a agência, a economia da França provavelmente não terá crescimento no terceiro trimestre, já que a produção dos setores manufatureiro e de energia terá queda, em seguida aos fortes ganhos do segundo trimestre. Porém, deverá haver uma recuperação no quarto trimestre, com alta de 0,4%.

A Insee também prevê que o crescimento na zona do euro vai prosseguir, puxado por um retorno dos investimentos das empresas e um afrouxamento nos cortes orçamentários dos governos nacionais. A expansão do PIB da zona do euro no terceiro trimestre deverá ser de 0,1% e no quarto trimestre deverá ser de 0,3%. Fonte: Market News International.