A perda de confiança na dívida da zona do euro atingiu o próprio veículo usado para implementar os planos de resgate financeiro da região. A Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês) informou que não fará uma emissão planejada de 3 bilhões de euros até a próxima semana, pelo menos. Um porta-voz da EFSF citou as condições voláteis do mercado.

Os participantes do mercado esperavam que os bônus fossem lançados esta semana, mas a decisão do governo da Grécia de convocar um referendo sobre o novo acordo de ajuda ao país acentuou a instabilidade e a EFSF decidiu esperar até que a situação se acalme. Fontes de bancos disseram que acreditam que a emissão poderá ser feita na próxima semana se a reunião do G-20 conseguir restaurar a calma dos mercados. As informações são da Dow Jones.