Quem entende do assunto alerta: a embalagem é fator fundamental no comércio internacional. Não apenas por questões de imagem, proteção e segurança, mas também para garantir credibilidade e aceitação do produto. De acordo com a Associação Brasileira de Embalagens (Abre), além de prejuízos para a empresa exportadora, uma embalagem inadequada pode gerar outros transtornos.

Como explica a diretora executiva da Abre, Luciana Pellegrino, para uma empresa quando vai exportar os produtos a embalagem é estratégica ?tanto para conservar quanto para a aceitação do produto no destino final?. Sobre isso é preciso se atentar. Sobre a embalagem primária, de apresentação do produto, ela comenta ?que deve estar de acordo com normas, cultura e necessidades do país de destino?. Já em relação à embalagem de transporte, ela completa que ?otimiza a distribuição do produto e proporciona ganho logístico?.

Apesar de os benefícios serem evidentes, Luciana comenta que ?ainda é possível encontrar no mercado embalagens mal dimensionadas?. ?Isso pode gerar avarias para as empresas, que perdem produtos – seja por extravio ou por não observar condições físicas do transporte, como umidade. Se houver volume grande de perdas, os prejuízos podem ser maiores. Dependendo do caso, ainda, devido à embalagem inadequada, o produto pode não ser bem aceito, podendo até a empresa chegar a perder o cliente?, afirma a representante da Abre.

Empresa

Desde 1998 no Brasil, a empresa sueca Nefab (Nordgren Emballage Fabriqué) está presente em 35 países, trabalhando exatamente com soluções em embalagens. Segundo o presidente da empresa no País, Marcelo Gaspar, o investimento das empresas em embalagens tem aumentado nos últimos anos, mas poderia ser ainda maior. ?Não diríamos que existe, no Brasil, o nível de amadurecimento dos países europeus, mas vemos que tem aumentado a preocupação das empresas quanto a embalagem?, diz.

Gaspar orienta que há muito a ser considerado na hora de se investir em embalagem. ?Desde a imagem do produto no destino final, mesmo que seja embalagem de transporte; questões de segurança, muito importante nas exportações, pois quando abertos os produtos devem estar em perfeitas condições; outras coisas são a proteção e a otimização (aproveitamento do espaço) das cargas no meio de transporte escolhido?, esclarece o executivo.