Três quartos das companhias do Reino Unido dizem que não sentem que a recessão terminou, mesmo que a economia tenha oficialmente começado a crescer novamente, informou o jornal Sunday Telegraph.

Uma pesquisa realizada pelas Câmaras Britânicas de Comércio (BCC, na sigla em inglês) mostrou que o pessimismo está espalhado por negócios de todos os tamanhos. No entanto, as empresas que empregam entre 100 e 249 pessoas são as que têm sentimento mais negativo. Dos 410 participantes, 74,9% afirmaram que não sentem que a recessão chegou ao fim, enquanto apenas 25,1% disseram o contrário.

Dados do Escritório Nacional de Estatísticas indicaram na semana passada que o Reino Unido escapou, formalmente, por pouco da recessão no quarto trimestre do ano passado, com crescimento de 0,1% do PIB. O BCC informou que as companhias estão bastante cientes de quão frágil a economia do Reino Unido ainda está e sofrem com a fraca demanda.

O BCC explicou que as companhias vêm se preparando para tomar decisões difíceis sobre salários e investimentos em 2010 e, de certa forma, estão confiantes na recuperação da economia. As informações são da Dow Jones.