As encomendas à indústria dos Estados Unidos cresceram 1,1% em novembro em relação a outubro, informou hoje o Departamento de Comércio do país. Analistas previam crescimento de 0,5%. Em outubro, houve aumento de 0,8% nas encomendas (dado revisado). Originalmente, o Departamento de Comércio havia divulgado uma expansão de 0,6% nas encomendas do período.

Em novembro, as encomendas de bens de capital não relacionados à defesa e excluindo aviões aumentaram 3,6% em relação ao mês anterior. Esse dado é considerado um termômetro do gasto com investimentos no país. As encomendas de bens duráveis avançaram 0,2% em novembro, enquanto as encomendas de bens não-duráveis subiram 1,8% no mesmo período.

Já as encomendas ainda não atendidas, um sinal da demanda futura, recuaram pelo 14º mês consecutivo, a uma taxa de 0,7%. A demanda por bens do setor de transporte caiu 5,8%. As informações são da Dow Jones.