As encomendas à indústria da Alemanha tiveram queda de 0,6% em setembro ante agosto, no cálculo ajustado, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério de Economia do país. O resultado frustrou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam leve ganho de 0,1%.

Apenas as encomendas domésticas recuaram 1,1% em setembro ante o mês anterior. Já as encomendas estrangeiras caíram em ritmo mais suave, de 0,3%.

Na comparação anual, as encomendas à indústria alemã tiveram acréscimo de 2,6% em setembro, na estimativa sem ajustes. Fonte: Dow Jones Newswires.