As encomendas à indústria dos Estados Unidos caíram 0,8% em agosto na comparação com julho, informou hoje o Departamento de Comércio do país. Analistas previam um declínio de 0,6%. Essa foi a primeira queda desde março. Em julho, as encomendas aumentaram 1,4% ante junho.

As encomendas de bens de capital não relacionados à defesa e excluindo aviões – dado considerado um termômetro do gasto com investimentos – caíram 0,9% em agosto. Já as encomendas de bens duráveis diminuíram 2,6%, enquanto as encomendas de bens não-duráveis aumentaram 0,8%.

O Departamento de Comércio informou ainda que as encomendas ainda não atendidas, um sinal da demanda futura, caíram 0,4%, no 11º mês consecutivo de declínio. A demanda por bens do setor de transporte caiu 9,1% em agosto. As informações são da Dow Jones.