Foi-se o tempo em que uma pessoa obtinha o diploma de curso superior e só então começava a procurar um estágio remunerado ou um emprego na área. Atualmente, os estudantes universitários estão procurando, cada vez mais cedo, colocar em prática o que aprendem em sala de aula. Remuneradas ou não, as vagas para estágio costumam ser bastante concorridas em todas as áreas.

Segundo o superintendente do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) do Paraná, Douglas Rogério Benke, que auxilia estudantes que estão à procura de um estágio, o grande número de novos cursos e instituições de ensino superior que foram criadas nos últimos anos no Paraná fizeram com que a procura por estágio aumentasse bastante em todo Estado. “Infelizmente, o número de vagas não é tão alto para atender toda a demanda”, afirma.

Geralmente, possuem mais ofertas para os cursos de Direito, Administração e Informática. Cursos menos conhecidos, como por exemplo Gestão Pública, acabam ficando de fora. “Se o estágio for compatível com o curso, permite que o estudante tenha sua primeira vivência profissional e obtenha maior experiência”, afirma o superintendente.

Em média, de acordo com o CIEE-PR, 65% dos estagiários são efetivados na própria empresa onde fazem estágio. O número só não é maior porque muitas pessoas acabam estagiando em órgãos públicos ou em locais onde só é permitida contratação após concurso. “Estes acabam não sendo efetivados no próprio local. Porém, devido à experiência, acabam tendo mais chances de ser contratados em outras empresas do que pessoas que nunca fizeram estágio algum”, diz Douglas Benke.

Na hora de escolher um estagiário, as empresas geralmente levam em conta se o candidato possui conhecimentos de informática e inglês, o relacionamento interpessoal, a capacidade de solucionar problemas, a criatividade e o espírito de liderança. Oferecendo estágios, as empresas cumprem um papel social e ainda contribuem para que, no futuro, profissionais mais capacitados sejam colocados no mercado.

Estudantes

A maioria dos estudantes universitários considera os estágios indispensáveis. “O estágio nos permite vivenciar o dia-a-dia da profissão que escolhemos. Torna-nos mais seguros na hora de procurar um emprego e confere peso ao currículo”, diz o estudante do terceiro ano de Direito Roberto Taborda Ribas Júnior, de 21 anos.

Já a estudante do primeiro ano de Economia Mariana Camilla Miguel diz acreditar que quanto mais cedo uma pessoa procura um estágio, maior sucesso pode obter. “Estudando Economia, meu maior objetivo é entrar na área bancária. Estou procurando estágio já no primeiro ano do curso para ter maiores oportunidades”, diz.

CIEE

Para se cadastrar no CIEE-PR, o estudante pode acessar o site www.cieepr. org.pr ou procurar postos de atendimento presentes na UFPR (Universidade Federal do Paraná), na PUC (Pontifícia Universidade Católica), no UnicenP (Centro Universitário Positivo) e na Uniandrade. Não é necessário pagar nenhuma taxa e o surgimento de vagas para estágio é comunicado via e-mail, carta ou telefone.