O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro semestre é bastante bom e confirma a previsão do governo de um crescimento de 5% em 2007. "Estamos agora com um crescimento de 5%, principalmente porque a indústria de transformação, que é um pólo dinâmico da economia brasileira, está acelerando em relação ao ano passado", comentou o ministro.

Segundo ele, a economia do País está crescendo de forma robusta e equilibrada. Na sua opinião, o dado mais interessante é o crescimento dos investimentos, que confirma, na opinião dele, a previsão do governo de uma expansão em torno de 10% neste ano. "Se tivermos um crescimento do PIB de 5% e uma alta dos investimentos de 10%, nós teremos um crescimento equilibrado com aumento da oferta", avaliou.

Para Mantega, o crescimento no semestre é robusto, mas não é exagerado. Ele também acredita que não há um aquecimento exagerado da demanda. "O consumo está robusto, mas dentro de parâmetros razoáveis", disse. Segundo ele, esse consumo está sendo atendido pela expansão da indústria e pelo aumento da oferta e dos investimentos. "Isso é que é um crescimento equilibrado, onde a oferta atende à demanda e, dessa maneira, não causa uma pressão inflacionária", declarou.