A estrutura de formatação dos planos de benefícios previdenciários foi tema do último módulo do MBA em Previdência Complementar Fechada, realizado nesta última semana, em Curitiba. O curso é oferecido por meio de uma parceria da Associação dos Fundos de Pensão do Paraná (Previpar) e Universidade Positivo.

Segundo o diretor de Seguridade e Serviços Sociais das Fundações Sanepar, Marcos César Todeschi, que ministrou o tema, os planos precisam acompanhar as mudanças da sociedade. “Precisamos flexibilizá-los, pois as pessoas estão buscando coisas diferentes”, afirmou.

Todeschi cita, como exemplo, o fato de que atualmente muitas pessoas não têm dependentes, logo, não precisam de pensão e desejam ver convertidos, essa parcela de recursos, à melhoria de renda. “Há várias demandas e, como tudo isso tem impacto financeiro e técnico, precisa ser tratado com responsabilidade, mas temos que caminhar cada vez mais para entregar efetivamente a gestão do futuro das pessoas na mão delas próprias”, explicou.