Os Estados Unidos registraram déficit orçamentário pelo 15º mês consecutivo em dezembro do ano passado, devido ao aumento nos gastos com seguro-desemprego e à queda na arrecadação do governo. Dados do Departamento do Tesouro dos EUA mostraram que, em dezembro, o déficit orçamentário do país atingiu o recorde de US$ 91,85 bilhões, em linha com a previsão de analistas consultados pela Dow Jones. Em igual período de 2008, o déficit norte-americano ficou em US$ 51,75 bilhões.

Considerando os dados de dezembro, o déficit do ano fiscal 2010 durante o primeiro trimestre cresceu para US$ 388,51 bilhões, de US$ 332,49 bilhões no primeiro trimestre do ano fiscal 2009. O ano fiscal nos EUA começa em 1º de outubro.

A arrecadação do país em dezembro de 2009 foi de US$ 218,92 bilhões, valor 7,9% menor na comparação com igual período do ano anterior. Os gastos somaram US$ 310,77 bilhões, de US$ 289,54 bilhões em dezembro de 2008.

No mês passado, o governo dos EUA gastou US$ 14,07 bilhões apenas em benefícios aos desempregados. Em dezembro de 2008, esse valor foi de US$ 7,38 bilhões. As informações são da Dow Jones.