Após o Tribunal de Contas da União (TCU) ter determinado que o governo revise a projeção de arrecadação neste ano com o Refis, o Ministério da Fazenda informou ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, por meio de nota, que “irá cumprir a determinação do órgão de controle, como sempre o faz”.

O acórdão do TCU também cobra o comprometimento de uma reestimativa quando houver “parâmetros definitivos”. O governo poderia recorrer da decisão, mas irá cumpri-la.