O Federal Reserve está preparado para fornecer mais estímulo à economia caso seja necessário, e também está acompanhando as execuções de hipotecas para garantir a integridade do processo, afirmou o presidente do Federal Reserve de Nova York, William Dudley, durante discurso nesta segunda-feira.

Segundo ele, as autoridades do banco central norte-americano “têm demonstrado seu compromisso em agir para baixar as taxas de juros se as condições econômicas justificarem”, mas há limites para o que pode ser obtido. “O Fed não pode balançar uma varinha mágica e fazer desaparecer imediatamente os problemas remanescentes do período de excessos anterior,” afirmou.

Referindo-se a um discurso do início de outubro, Dudley afirmou ter dito que “mais ações do Fed provavelmente seriam justificáveis, exceto se o prognóstico econômico evoluísse de forma a me deixar mais confiante em resultados melhores para o emprego e para a inflação antes que seja tarde”.

Dudley também disse que o Fed está interessado ativamente nos processos de execução de hipotecas nos Estados Unidos. “É importante que as execuções de hipotecas que obedecem a lei sejam cumpridas”, porque “isso é uma parte necessária do retorno do mercado de moradias a condições mais normais”. Ele também ressaltou que “o Fed está revisando as práticas de execução de hipotecas das unidades hipotecárias de grandes bancos”.

O presidente do Federal Reserve de Nova York sempre possui direito a voto no Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, em inglês). As informações são da Dow Jones.