O governo anunciou que pretende liberar o saque de até 35% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de contas ativas e de recursos do PIS/Pasep. De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, o anúncio para liberação do FGTS e do PIS/Pasep deve ocorrer ainda esta semana. A consulta ao saldo do FGTS pode ser feita pela internet usando o site da Caixa Econômica Federal ou a página do FGTS.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

No site da Caixa é preciso informar o número do NIS (Número de Identificação Social), relacionado ao PIS/Pasep, que aparece na Carteira de Trabalho e cadastrar uma senha de usuário. Também é possível se cadastrar no site da Caixa e receber atualizações sobre o FGTS por e-mail e por SMS.

No celular

Existe a opção de baixar o aplicativo do FGTS no smartphone. Ele está disponível para download para sistemas android, iOS e Windows Phone. Após baixar é necessário informar o NIS e fazer o cadastro. O NIS (PIS/Pasep) está registrado na Carteira de Trabalho e também no Cartão Cidadão.

+ Leia mais: Consultoria precisa ser cara? Curitibanos apostam no baixo custo e viram referência

Na agência

É possível consultar o extrato do FGTS nas agências da Caixa usando o Cartão Cidadão e a senha correspondente, e também com o número do PIS. A consulta pode ser feita tanto na boca do caixa, quanto nos terminais de autoatendimento.

Liberação

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (17), que o anúncio para liberação do FGTS e do PIS/Pasep deve ocorrer esta semana. Ele frisou que isso representaria “uma pequena injeção na economia” e ressaltou que a atividade já começa a dar sinais de recuperação, “pelos sinais positivos (no geral) e em especial também pelos sinais que estão vindo do Parlamento”.

Bolsonaro afirmou ainda que o governo quer fazer uma reforma dos tributos federais e que deseja que a tabela de Imposto de Renda esteja, no máximo, em 25%. “E nós queremos ano a ano diminuir a nossa carga tributária”, apontou.

Mulher morre após tambor de freio se soltar de caminhão e atingir carro na Rodovia do Xisto