O Indicador do Nível de Atividade (INA) da indústria paulista registrou alta de 0,8% em maio ante abril, com ajuste sazonal, segundo dados divulgados hoje pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Na avaliação sem ajuste sazonal, o INA teve alta de 5,2% em relação a abril.

De acordo com a Fiesp, a atividade industrial subiu 12,7% em relação a maio de 2009 e teve crescimento de 3,4% no acumulado dos últimos 12 meses. De janeiro a maio deste ano, o INA subiu 15,5%, o melhor resultado para o período desde o início da série histórica da pesquisa, iniciada em 2003.

Já o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) cresceu em maio 82,9%, sem ajuste sazonal, ante 82% em abril. Na relação com ajuste sazonal, o Nuci atingiu 81,9% em maio, ante 82,2% em abril. A Fiesp também revisou os resultados do INA do mês de abril, divulgados em maio. Na variação com ajuste sazonal, o indicador foi revisado para um crescimento de 0,7%, em relação a março, ante uma queda de 0,4%. No resultado sem ajuste sazonal, o INA de abril, que registrou uma queda de 5,6% ante março, foi revisto para uma redução de 3,6%.

Confiança

O Sensor, indicador da Fiesp que mede a confiança dos industriais paulistas, caiu de 57,6% em maio para 55,1% em junho. Dos cinco itens que compõem o Sensor, três registraram queda neste mês: Mercado (de 62,8% para 56,8%), Vendas (de 60,6% para 52,1%) e Estoque (de 54,7% para 48,2%). O item Investimento subiu de 52,8% em maio para 59,9% em junho. A Fiesp considerou o resultado estável para o item Emprego, que variou de 56,8% em maio para 58,3% em junho.