Caminhões estavam ontem no Contorno Sul.

A fila de caminhões que se formou ao longo da BR-277, em direção ao litoral, depois do problema elétrico e de comunicação que interditou o Porto de Paranaguá no final de semana, chegou, ontem a quase 70 quilômetros, e estava no bairro Pinheirinho, bem próximo à Cidade Industrial de Curitiba (CIC), conforme informações da Polícia Rodoviária Federal. Segundo a assessoria de imprensa do porto, o embarque continuava normalmente ontem, com 14 navios atracados. Um deles embarcava 44 mil toneladas de soja para a Itália, outro 56,4 mil toneladas de milho para o Irã e um terceiro, 27 mil toneladas de farelo de soja para a Espanha.

Além disso, há 27 navios ao largo, aguardando o carregamento, especialmente de soja.

De acordo com a assessoria do porto, o trabalho foi intensificado depois do blecaute ocorrido no sábado. Na segunda-feira, sete navios foram despachados. Para as próximas 48 horas, está sendo aguardada a chegada de mais 24 navios.

O porto espera que a fila seja totalmente eliminada dentro dos próximos dois dias, com o embarque diário de mais de 2.600 caminhões.