O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse hoje que está pronto para ajudar a Grécia, mas o auxílio depende da aprovação, pelo governo grego, de seu plano de reestruturação econômica e da garantia de “financiamento amplo” para o programa, que vence em 2013, por parte da Europa. “Estamos prontos a continuar dando nosso apoio à Grécia, dependendo da adoção das reformas econômicas acertadas com as autoridades gregas”, disse em comunicado a porta-voz do FMI Caroline Atkinson.

“Está havendo progresso nas discussões para garantir o financiamento amplo do programa e prevemos um resultado positivo sobre isso no próximo encontro do Eurogrupo”, afirmou. Segundo Caroline, ” a conclusão da revisão do programa continua dependendo da aprovação da comissão executiva do FMI”.

A comissão deverá se reunir no início de julho, após o encontro das autoridades da zona do euro – que reúne os 17 países que utilizam o euro como moeda – para finalizar as negociações sobre o financiamento do programa. As informações são da Dow Jones.