A economia mundial deverá crescer este ano em ritmo mais lento que o esperado, como resultado das crises geopolíticas na Ucrânia e no Oriente Médio, afirmou a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, em entrevista ao jornal francês Les Echos.

Segundo Lagarde, a equipe de economistas do FMI está atualizando sua previsão de expansão econômica para 2014 para uma “pequena (taxa) de 3%, entre 3% e 3,5%”. “O crescimento está frágil, uma vez que são muitos os risco geopolíticos”, disse ela.

Também na entrevista, publicada nesta segunda-feira, Lagarde defendeu que o governo francês mantenha suas metas de redução do déficit orçamentário, apesar da inflação baixa, e que faça mais reformas no mercado de trabalho, além de tornar sua economia mais flexível.

A inflação anual na França estava em 0,6% em julho, segundo a metodologia da União Europeia, enquanto o Produto Interno Bruto (PIB) do país teve crescimento nulo no segundo trimestre. Fonte: Dow Jones Newswires.