Você já teve problemas de saúde causados por conta de seu trabalho? É essa a preocupação que os técnicos em enfermagem do trabalho têm: garantir que os trabalhadores não sofram lesões por esforço repetitivo ou até mesmo problemas de saúde provenientes das atividades no ambiente de trabalho.

“Auxiliar o enfermeiro do trabalho na organização dos atendimentos, planejamento de atividades e avaliação da saúde dos trabalhadores são as principais atribuições ao profissional técnico enfermeiro do trabalho”, afirma Gersino Faht, coordenador da Escola Vicentina Técnica de Enfermagem Catarina Labouré (Etecla).

De acordo com Faht, quando o técnico atua em um fábrica, por exemplo, é de sua responsabilidade a prevenção de doenças bem como a certificação de que os operários usem o Equipamento de Proteção Individual (EPI).

“Em todos os lugares que existem trabalhadores a presença do técnico é essencial. Além das questões de segurança do trabalho, ele também é responsável pelos primeiros socorros quando algum incidente acontece”, diz.

No entanto, para poder responder à todas essas atribuições em uma empresa, Faht afirma que estar bem qualificado é de extrema importância. “As vagas existem para os bons profissionais. As grandes empresas procuram aqueles com melhor preparação”, explica.

Para dar suporte aos técnicos que desejam seguir a profissão, a Etecla está com as inscrições abertas para o curso Habilitação para Técnico em Enfermagem do Trabalho.

“O curso dura seis meses e deixa o profissional apto a encarar o mercado de trabalho. Durante as aulas, o profissional aprende todas as normas regulamentadoras da profissão e que tipo de procedimento tomar em determinadas situações”, diz o coordenador. As aulas começam no próximo dia 16. Maiores informações sobre o curso pelo telefone (41) 3219-3650.

Se você tiver críticas ou sugestões, envie e-mail para emprego@oestadodoparana.com.br.