Foto: Arquivo/O Estado

Varig: 8.500 empregados na ativa.

A presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), Graziella Baggio, disse ontem que aproximadamente 400 funcionários da Varig já saíram do emprego e estão trabalhando em outras empresas, embora não tenham acertado sua demissão. Segundo ela, são pessoas que estão sem receber salário regularmente há três meses e simplesmente se cansaram dos problemas gerados pelos cancelamentos de vôos, por isso decidiram sair.

?Muita gente já saiu e existem quase mil que estão para se aposentar. No total, a empresa tem 8.500 empregados na ativa?, disse Graziella. De acordo com ela, é difícil dizer quantos serão aproveitados pelos administradores da VarigLog, novos donos da Varig.

A sindicalista avalia que a Varig está operando hoje com oito aviões e os demais estão parados, à espera de manutenção. A intenção manifestada pela VarigLog era manter inicialmente 13 aviões.

Querosene

A Petrobras aumentará, a partir de 1.º de agosto, o preço do querosene de aviação (QAV) em 4%. Com o novo reajuste, a alta acumulada no ano alcança 24,5%. A informação foi divulgada pelo Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea).