O botijão de gás de cozinha (GLP) fica mais caro a partir de hoje. A Petrobras anunciou um reajuste de 9,2% nas refinarias. Será o terceiro aumento do GLP este ano, que já acumula uma alta superior a 50% em cinco meses. Em janeiro, o gás de cozinha aumentou 22%, devido ao fim do subsídio. Em abril, o reajuste foi de 14,5% (alta do petróleo). Com o novo aumento, o preço do botijão de 13 kg deve passar de R$ 24 (média verificada pela ANP) para aproximadamente R$ 26.

Segundo a empresa, o reajuste tem como objetivo realinhar o preço da Petrobras com o mercado internacional. Nesses dois meses o preço do petróleo subiu 6,7% e a taxa de câmbio, 4,7%.

Para as famílias de baixa renda, que têm uma renda mensal de meio salário mínimo por pessoa, existe o auxílio-gás, uma ajuda de R$ 7,5 por mês, criado no início do ano para compensar o fim do subsídio.