Rio de Janeiro – Dados preliminares do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) indicam que a geração energia cresceu 3,4% em janeiro em comparação a janeiro do ano passado. Em comparação a dezembro de 2007, a expansão foi de 0,6%.

De acordo com o relatório Evolução da Carga do Sistema Interligado Nacional e Subsistemas, publicado hoje (31) pelo ONS na internet, os indicadores de desempenho, principalmente do setor industrial, continuam apresentando um nível de produção elevado, impulsionado, sobretudo, pelo aquecimento da demanda interna ? com destaque para o aumento do consumo das famílias, bem como pela continuidade da demanda externa por produtos da pauta das exportações brasileiras (setor favorecido pelos preços das commodities no mercado externo).

?Esse bom desempenho econômico fez com que a tradicional parada para férias coletivas no setor industrial não ocorresse no primeiro mês do ano, em decorrência da necessidade de reposição dos estoques, baixos em razão da demanda de final de ano?, afirma o documento.

Na avaliação do ONS, o crescimento da carga em circulação em janeiro só não foi maior em razão da ocorrência, no último decênio do mês, das chuvas que vieram acompanhadas de temperaturas amenas, principalmente nos subsistemas sul e sudeste-centro-oeste.

?Atípicas para esta época do ano, o fenômeno reduziu o comportamento do consumo das classes residencial e comercial?, explica o ONS.

Os dados preliminares indicam que o consumo de energia elétrica em janeiro foi de 50.866 megawatts médios, com destaque para o subsistema sudeste/centro-oeste, cujo consumo chegou aos 31.170 megawatts médios, uma variação negativa de 0,1% em relação a dezembro, reflexo, segundo o operador, das temperaturas mais amenas do final do mês.

Na comparação com janeiro do ano passado, no entanto, a região teve incremento de 4% no consumo de energia elétrica.

Os números preliminares apontam um aumento de 4,9% na carga de energia em circulação em janeiro na comparação com dezembro do ano passado, percentual que também se verificou na comparação com janeiro de 2007.

Esse crescimento, de acordo com o documento, sofreu impacto do aumento da atividade econômica da região, influenciado pela recuperação do setor agroindustrial.

Na Região Nordeste, os valores preliminares indicam que a carga de janeiro sofreu retração de 0,5% em relação ao mês anterior e aumento de 0,3% na comparação com janeiro do ano passado.

No Norte, a carga em circulação no sistema elétrico caiu 0,9% de dezembro do ano passado para janeiro deste ano, mas aumentou 1,3% em relação a janeiro de 2007.