O ministro dos Transportes, João Henrique de Almeida Sousa, assinou hoje, no Palácio Iguaçú, convênio repassando ao Paraná a administração e operação do Complexo de Pontes de Porto Camargo, pelo prazo de 25 anos. O complexo, construído pelo governo do Paraná e inaugurado no dia 14 de março deste ano pelo presidente Fernando Henrique Cardoso, é considerado a maior obra fluvial da América Latina, com 16.180 km de extensão, localizada na divisa com Mato Grosso do Sul.

Este ano, os recursos orçamentários para o Paraná são da ordem de R$ 220 milhões.