O Ministério da Fazenda informou hoje que mantém em 4,5% a previsão oficial de crescimento da economia para 2011. A informação complementa o documento Economia Brasileira em Perspectiva, divulgado mais cedo, que prevê um crescimento “mais moderado” do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro neste ano, mas não havia especificado a projeção.

Segundo o Ministério da Fazenda, o documento não trouxe a projeção de alta do PIB em função de limitações de páginas, por causa da nova orientação editorial da Secretaria de Política EconÔmica (SPE), responsável pela elaboração do documento.

“Como foi produzida uma seção especial sobre o ‘Brasil nas Crises’, algumas informações que se repetiam foram retiradas. Até o presente momento, o Ministério da Fazenda mantém oficialmente a previsão de crescimento do PIB em 4,5% para 2011”, informou a assessoria de imprensa.