Grandes redes de restaurantes afirmam que vinham tentando segurar o repasse do aumento dos custos para os consumidores, mas chegaram no limite com a inflação da alimentação do setor de food service acima de 13% em 12 meses, segundo a ANR (associação de restaurantes).

A entidade, que reúne empresas como McDonald’s e Burger King, diz que não há como definir um padrão de acréscimo, mas as redes estão tentando repassar um valor abaixo da alta dos insumos.

LEIA TAMBÉM:

>> “Caipiras fake”: Associação no Paraná faz alerta contra ovo e frango falsificados

O Bob’s afirma que está ajustando seus preços de acordo com a inflação e o movimento do mercado. A rede lançou sanduíches de frango com preço abaixo dos lanches de carne bovina. A empresa também tem feito promoções.

A Bloomin’ Brands, dona do Outback, diz que o desafio está grande com o aumento no preço da carne e dos produtos importados. A rede promete reajustes aos clientes abaixo da inflação e diz que, para mitigar as altas, tem feito ações de revisão da operação e negociação com fornecedores.

Pantanal

Tibério proíbe Muda de falar com Alcides

Além da Ilusão

Úrsula rouba o bebê de Heloísa

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

Carreira

Ganhadora do prêmio de pior atriz a vida rodeada de polêmicas, quem é Anne Heche?