Os números da greve na Volkswagen em São José dos Pinhais romperam mais uma marca em prejuízo, uma vez que a empresa já deixou de arrecadar R$ 806,4 milhões, montante estimado para os 20.160 mil veículos que não foram produzidos durante 34 dias de paralisação da linha de montagem. Apesar disso, a reunião entre o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC) e a diretoria da Volkswagen do Brasil foi adiada e, por conseguinte, a assembleia deliberativa com os trabalhadores, que aconteceria na tarde desta terça-feira (07), foi remarcada para amanhã no mesmo horário. De modo que a montadora completará pelo menos 35 dias sem produção.