O Grupo Hübner construirá uma siderúrgica de ferro-gusa em Ponta Grossa, com investimentos de R$ 31 milhões. A planta começará a funcionar no final de 2006 e será a primeira do setor no Sul do Brasil. O anúncio foi feito durante a comemoração dos 25 anos do grupo, em solenidade realizada ontem em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba.

O presidente do grupo, Nelson Roberto Hübner, destaca que a nova siderúrgica vai fornecer matéria-prima para as empresas do grupo e alguns clientes. A produção estimada é de 8 mil toneladas por mês. ?É uma produção pequena, mas que vai atender as nossas necessidades?, afirma. Toda a demanda de ferro-gusa das fundições do Sul do País vem de Minas Gerais, atualmente.

O projeto da construção da siderúrgica em Ponta Grossa está na fase de licenciamento ambiental. Hübner estima que as obras tenham início em abril do ano que vem e a produção deve começar no final de 2006. ?A planta servirá de modelo para o Brasil porque será uma fábrica totalmente ecológica?, aponta Nelson.

Para abastecer a nova siderúrgica com carvão, matéria-prima neste processo, o grupo investiu na nova unidade produtiva Bricarbras, na cidade de Jaguariaíva, no norte pioneiro do Estado. Nela serão produzidos briquetes e carbonização de serragem, dentro dos rígidos padrões ambientais, sem emissões de poluentes. A adoção do sistema vai gerar economia e produtividade para o grupo. A inauguração desta planta ocorrerá no próximo mês.

O Grupo Hübner, que tem origem no Paraná, é atuante nas áreas de briquetagem, carvoaria, siderurgia, fundição, usinagem e implementos rodoviários. As empresas do conglomerado estão localizadas em três estados do Brasil. O grupo exporta seus produtos para 36 países, nos cinco continentes, e teve um faturamento de R$ 134,8 milhões no ano passado.