A segunda prévia do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) de novembro subiu 0,48%, ante aumento de 0,86% apurado em igual prévia de outubro, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), que calcula esse índice de inflação.

A FGV informou os resultados dos três indicadores que compõem o IGP-M. O Índice de Preços por Atacado (IPA) subiu 0,68% na prévia anunciada nseta quarta, ante elevação de 1,15% em outubro. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve queda de 0,08% na segunda prévia de novembro, ante aumento de 0,25% na segunda prévia de outubro. Já o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC) avançou 0,53%, ante alta de 0,48% na prévia do mês passado.

Até a segunda prévia de novembro, o IGP-M acumula alta de 5,66% no ano e de 6% no período de 12 meses. O período de coleta de preços para cálculo da segunda prévia do IGP-M de novembro foi do dia 21 de outubro a 10 de novembro. O IGP-M é referência para reajuste dos contratos de aluguel, entre outros.