A inadimplência medida pelos registros incluídos no SPC Brasil caiu 2,13% em agosto deste ano em relação a julho, informou hoje a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). De acordo com os dados, na comparação entre agosto e o mesmo mês do ano passado, houve alta de 3,73% na inadimplência entre os consumidores.

Segundo a CNDL, também ocorreu um aquecimento na atividade do comércio, uma vez que as consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), feitas quando o cliente compra a prazo ou com cheque, subiram 5,5% em agosto em relação a julho. A alta é ainda maior na comparação de agosto com o mesmo mês do ano passado, de 9,35%.