O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, disse hoje que grandes indicadores econômicos do país têm mostrado melhora desde maio e que o desemprego continua estável.

Durante encontro com o presidente do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab, Li comentou que a produção industrial, os investimentos, o consumo e o comércio vêm apresentando sinais de progresso, segundo comunicado publicado no site do governo chinês.

Economistas, porém, dizem que a economia chinesa ainda enfrenta considerável pressão de baixa diante da demanda doméstica fraca, apesar dos indícios de estabilização vistos em maio.

Na comparação anual, a produção industrial da China cresceu 6,1% em maio, ganhando força em relação ao aumento de 5,9% visto em abril. Os investimentos em ativos urbanos, por outro lado, avançaram em ritmo mais lento de 11,4% nos primeiros cinco meses do ano ante igual período de 2014, após subirem 12% entre janeiro e abril.

Já a taxa de desemprego em 65 grandes cidades chinesas foi de cerca de 5,1% em maio, um pouco abaixo do resultado de abril, segundo pesquisa oficial divulgada na semana passada. Fonte: Dow Jones Newswires.