O índice de sentimento das empresas da Alemanha registrou leve queda em abril, a 106,6, de 106,7 em março, segundo dados publicados hoje pelo instituto alemão Ifo. O resultado contrariou a expectativa de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam avanço do indicador, a 107,0.

O subíndice de condições atuais recuou a 113,2 neste mês, de 113,8 em março. Por outro lado, o subíndice sobre as expectativas das empresas para os próximos seis meses subiu a 100,4 em abril, de 100,0 no mês passado.

Na avaliação do Ifo, a “moderada melhora na economia alemã continua”.

Após os dados do instituto alemão, a Bolsa de Frankfurt ampliou perdas e passou a operar em baixa de mais de 1%.

O Ifo entrevista cerca de 7.000 empresas dos setores de manufatura, construção, atacado e varejo para sua pesquisa mensal. Fonte: Dow Jones Newswires.