O valor total dos cheques honrados no varejo apresentou crescimento nos dez primeiros meses de 2007 em comparação com mesmo período do ano passado. É o que mostra pesquisa da Telecheque, empresa de concessão de crédito no varejo, segundo a qual 96,68% das transações com cheques no Brasil foram realizadas com sucesso no período, o que representou aumento de 0,11% em relação a 2006 (96,57%).

"Apesar da grande oferta de crédito que existe hoje no mercado, o consumidor está preservando seu crédito e sendo mais cauteloso com o objetivo principal de manter o nome e a renda em dia para as compras de Natal", explica José Antônio Praxedes Neto, vice-presidente da Telecheque.

Minas Gerais ficou entre os estados com maior volume de transações honradas, com índice de 96,98% este ano contra o de 96,02% registrado entre janeiro e outubro do ano passado. O crescimento foi de 1%.

Na segunda posição, Mato Grosso apresentou índice de cheques honrados de 98,38%, superior 0,92% frente ao do mesmo período de 2006 (97,48%), seguido do Rio de Janeiro, com indicador médio até outubro de 96,95% e crescimento de 0,77% em relação à média verificada em igual período do ano passado (96,21%).