A inflação no setor agropecuário desacelerou no atacado. Os preços subiram 0,05% na primeira prévia do IGP-M de outubro, após alta de 2,22% na primeira prévia de setembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta quinta-feira, 10.

Já a inflação industrial atacadista teve aceleração, registrando alta de 1,55% na primeira prévia do IGP-M de outubro, ante avanço de 1,13% na primeira prévia do IGP-M de setembro.

Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a evolução dos preços ao longo da cadeia produtiva, o custo dos bens finais subiu 0,61% na primeira prévia de outubro, em comparação à queda de 0,16% na primeira prévia do último mês.

Por sua vez, os preços dos bens intermediários tiveram alta de 1,21% na primeira prévia de outubro, após subirem 1,44% na primeira prévia de setembro. Já os preços das matérias-primas brutas subiram 1,67% na primeira prévia de outubro, em comparação à alta de 3,30% na primeira prévia do indicador de setembro.