O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da Itália caiu 0,2% em outubro, na comparação com setembro, e subiu 0,8% em relação a outubro do ano passado, de acordo com informações do instituto nacional de estatísticas, Istat. Economistas consultados pela Dow Jones Newswires previam queda mensal de 0,3% e alta anual de 0,7%.

O Istat afirmou que a desaceleração da inflação na Itália deve-se principalmente à redução dos preços dos alimentos e de bebidas não alcoólicas, de moradias, abastecimento de água, eletricidade, bem como gás e outros combustíveis. O CPI harmonizado italiano subiu 0,1% no mês e 0,8% no ano em outubro.