A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) ficou em 0,77% na primeira quadrissemana de janeiro, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). No período anterior, encerrado em 31 de dezembro, houve alta de 0,66% nos preços.

Apresentaram acréscimo em suas taxas de variação em janeiro, na comparação com a quadrissemana que encerrou o mês de dezembro, sete das oito classes de despesas que compõem o IPC-S: Alimentação (de 1,26% para 1,57%), Educação, Leitura e Recreação (de 0,64% para 1,26%), Despesas Diversas (de 1,60% para 2,20%), Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,50% para 0,58%), Vestuário (de 0,60% para 0,64%), Transportes (de 0,33% para 0,34%) e Comunicação (de 0,03% para 0,04%). Já o grupo Habitação registrou decréscimo em suas taxas de variação, de 0,42% para 0,26%.