O Ministério da Previdência Social tem alertado os segurados quanto à ação de criminosos que estão visitando a casa das pessoas, apresentando-se como servidores do governo e solicitando documentos pessoais para a realização do censo. De acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), nenhum funcionário do governo está autorizado a ir à residência dos segurados.

Segundo o Ministério da Previdência, a convocação para o censo previdenciário é feita quando o aposentado ou pensionista vai sacar o dinheiro nos bancos. O próprio caixa eletrônico está programado para emitir um boletim informando se o segurado deve ou não responder ao chamado do governo.

Do documento consta ainda a data e horário para a pessoa visitar a agência bancária onde recebe o benefício para atualizar o cadastro.

Nesta primeira etapa do recadastramento, que termina em fevereiro de 2006, foram convocados 2,5 milhões de aposentados e pensionistas. A segunda fase está prevista para começar em março do próximo ano, com a convocação de outras 13,1 milhões de pessoas.

Os segurados podem consultar se foram convocados para o censo acessando o site da Previdência Social (www.previdencia.gov.br). No canto esquerdo da página, há um ícone chamado ?Censo?, onde é possível procurar se deve comparecer às agências. Para isso, basta digitar o o número do benefício.

Para obter outras informações, basta ligar para o PrevFone, no número 0800-780191. O atendimento da central funciona 24 horas por dia.