O Itaú Unibanco anunciou na noite de ontem os resultados do primeiro trimestre de 2011 no padrão contábil internacional, o IFRS. O lucro líquido do banco foi de R$ 3,473 bilhões, ante os R$ 3,530 bilhões registrados nas regras de contabilidade brasileiras (BR Gaap).

No padrão IFRS, o lucro do banco cresceu 12,5% ante o primeiro trimestre de 2010, quando o Itaú Unibanco registrou ganho de R$ 3,088 bilhão no padrão internacional. Na comparação em BR Gaap, a alta foi de 9% no mesmo período.

A diferença dos resultados em IFRS e BR Gaap se deve, entre outros fatores, a formas diferentes de contabilizar provisões para devedores duvidosos e créditos tributários. O Itaú Unibanco também informou um lucro líquido recorrente de R$ 3,572 bilhões em IFRS. No padrão brasileiro, o ganho recorrente é de R$ 3,638 bilhões.

Os ativos totais do banco ficaram em R$ 746,5 bilhões em IFRS, ante R$ 778,5 bilhões em BR Gaap. Já o patrimônio líquido em IFRS foi de R$ 69,1 bilhão, ante R$ 67,1 bilhão nas normas locais.